ARTE

Diversas exposições em cartaz nas galerias do Sesc Pernambuco

Do JC Online do JC Online
Do JC Online
do JC Online
Publicado em 16/11/2010 às 15:15
Leitura:

Com o objetivo de democratizar o acesso à arte, o Sesc Pernambuco busca realizar um intercâmbio artístico no estado e levar a cultura ao alcance de todos. Em suas galerias, salas e espaços culturais, diversas exposições circulam pelo interior durante o mês de novembro, com entrada gratuita.

A Galeria de Artes Mestre Galdino, do Sesc Caruaru, está recebendo a exposição “Fruição” com trabalhos dos estudantes de artes plásticas da unidade. A Mostra reúne diversas representações contemporâneas nas artes visuais e conta com a coordenação do professor Jorge Souza. O horário de visitação é de segunda a sexta, das 9h às 12h, das 14h às 17h e das 19h às 22h.

A Galeria de Artes Ronaldo White, do Sesc Garanhuns, traz a trajetória do artista plástico paulista Cláudio Tozzi em ordem cronológica, com obras de 1967 a 2005. “Canteiro de Obras” reúne 33 gravuras, 3 pinturas e um objeto. A visitação pode ser feita de terça a sábado, das 8h às 22h.

Em Petrolina, a Galeria de Artes Ana das Carrancas, recebe a exposição “Colcha de Retalhos: Fragmentos da Cultura nordestina”, de Josélito Vasconcelos. A riqueza cultural do povo nordestino evidenciada nos seus costumes, memória e tradição, são “retalhos” da expressão da dualidade sempre presente: a vida árdua e sacrificada do trabalhador da terra e a beleza presente na busca pela felicidade. O horário para visitação é das 9h às 21h.

Encerrando temporada, a exposição fotográfica “Margareth Mee: uma Visão da Amazônia” traz o trabalho da botânica e artista inglesa Margareth Mee, que se encantou com a diversidade da flora brasileira, se especializando nas plantas da Amazônia. A mostra itinerante é promovida pelo Departamento Nacional do Sesc em parceria com os Departamentos Regionais e fica em cartaz no Sesc Ler Surubim até esta segunda (15), das 8h às 21h.

Na próxima sexta-feira (19), encerra ainda a exposição “A Fome do Saber”, dos artistas Galo de Souza e Helleno. Ilustrações sobre a ideia de que a arte pode alimentar uma fome subjetiva e essencial a todo ser humano se espalham em murais pela cidade e na galeria do Sesc Ler Araripina, das 8h às 11h30, das 13h30 às 17h30, e das 19h às 21h.


Mais Lidas