Agradecimentos ao poeta...

Por Dilson Oliveira
Por Dilson Oliveira
Publicado em 25/11/2010 às 12:45
Leitura:

Quero daqui congratular-me com o presidente da Academia Caruaruense de Literatura de Cordel, Hérlon Cavalcante, pelo artigo escrito recentemente em sua coluna, no Jornal Vanguarda, de Caruaru, no Agreste Pernambucano, onde com muita clareza, fez uma avaliação sobre o meu programa na TV Jornal.
 
Ao Hérlon, meus agradecimentos pelas palavras de elogios à minha pessoa. Isto nos fortalece para que possamos continuar defendendo a bandeira do povo, em nosso programa diário, defendendo os interesses dos menos favorecidos.

E para os que ainda não leram, reproduzo agora o que foi escrito pelo cordelista, filho do saudoso Lídio Cavalcante, que com muita propriedade, assim destacou, sob o tema abaixo:

Qual é o melhor: Cidade Real ou O Povo na TV?

“A ideia é trazer uma pequena reflexão na direção desses dois programas. Eles têm batido recordes de audiência em todas as classes sociais. Milhares de telespectadores recebem os sinais da TV Asa Branca (Cidade Real) e da TV Jornal (O Povo na TV).

Estou sempre do outro lado da telinha, e sabemos como muitas vezes tentam nos empurrar de escada abaixo programas e quadros fantasiosos ou mesmo pornográficos, o que não é o caso de ambos aqui abordados.

Então, vamos lá! Começando com o Cidade Real, da TV Asa Branca. Ele foi criado para mostrar os desafios que o poder público iria encontrar. O quadro funciona no estilo ‘‘câmera aberta\'\', sem off, bem movimentado e com olhar atento. Um espaço onde os anseios das comunidades carentes são expostos, mobilizando autoridades para resolver as situações encontradas e denunciadas a partir das imagens trazidas.

Vários problemas são abordados, desde a falta de infraestrutura até um simples poste sem iluminação. O pessoal da produção passa toda a segunda-feira em alguma comunidade colhendo as informações junto aos moradores. Os problemas mais citados são abordados em forma de reportagem e apresentados no ABTV 1º Edição, sob a responsabilidade e competência da jornalista e apresentadora Renata Torres. A ideia deu tão certo que o quadro ganhou corpo e hoje é um verdadeiro sucesso.

Já o programa O Povo na TV, da TV Jornal, apresentado pelo polêmico Dilson Oliveira, vai ao ar de segunda a sexta-feira, das 12h20 às 13h. É realizado no estúdio da emissora e tem alguns quadros interessantes, como é o caso de um que faz um paralelo com um personagem que usa a linguagem de um fantoche, detonando tudo o que encontra, mas sempre na tentativa de solucionar os problemas da população. Esse programa vem batendo recordes de audiência sempre com uma linguagem clara e objetiva.

Finalizo deixando um recado aos que fazem o poder público e aos poderosos das emissoras de televisão local. Programas como esses, que muitos dizem ser apelativos ou mesmo para pobres, vêm mostrando muito das realidades e conflitos. Do seu jeito, apresentam a força e o poder da imagem, que acaba transportando para um mundo real, cheio de revoltas e absurdos. É a força da mídia sobre as pessoas! Se um dos grandes papéis da imprensa é denunciar e informar a população, esses dois programas vêm dando conta disso. É o povo falando para o povo.

Parabéns a todos da produção dos programas, mas um abraço todo especial para Dilson Oliveira e Renata Torres, que carregam sonhos e perspectivas de muita gente em busca de estreitar os caminhos do povo e do poder constituído. E saiba que não existe disputa. Um não é melhor que o outro. Os dois trazem as suas realidades e provocam a busca de soluções para os problemas de uma sociedade carente e cheia de sonhos de um mundo melhor”.

Valeu grande Hérlon!


Mais Lidas