BENEFÍCIO

Incra entrega 130 moradias a famílias assentadas no Sertão

Do JC Online do JC Online
Do JC Online
do JC Online
Publicado em 01/12/2010 às 9:59
Leitura:

O Ministério do Desenvolvimento Agrário por meio do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) do Médio São Francisco concluiu a entrega de 130 moradias para famílias de dez assentamentos no sertão do rio São Francisco.

As casas foram construídas com o Crédito Habitação no valor de R$ 15 mil por unidade, totalizando um investimento de R$ 1,9 milhão nos municípios de Lagoa Grande e Cabrobó. Segundo o chefe da Divisão de Desenvolvimento de Projetos de Assentamento, Bosco Carvalho, as novas casas proporcionam conforto e são uma “injeção” de ânimo e auto-estima nos assentados. A construção das moradias em alvenaria melhora até as condições de higiene das famílias, uma vez que as antigas casas abrigavam animais e insetos nocivos à saúde, como cobras e barbeiros (inseto transmissor da doença de chagas).

Os municípios de Cabrobó e Lagoa Grande são acompanhados por dois técnicos do Incra, Weliton Antônio Pedroso e Carlos Donizetti Pioli, que já iniciaram a aplicação dos Créditos Semiárido e Fomento, nos valores de R$ 2 e 3,2 mil, respectivamente, um investimento total de R$ 676 mil. De acordo com Weliton, o Crédito Semiárido será usado de forma coletiva pelas comunidades para a recuperação e construção de barragens e instalação de abastecimento de água nas casas.

O Crédito Fomento será utilizado para aquisição de ferramentas, implementos agrícolas e animais para maior sustentabilidade das famílias assentadas.

Os assentamentos são de áreas de sequeiro. As famílias trabalham com criação de animais de pequeno porte como galinhas, ovinos e caprinos; e culturas de subsistência: melancia, feijão, macaxeira, e melão, nos períodos de chuva. As novas casas entregues pelo Incra possuem sete cômodos, sendo três quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço ou terraço, conforme preferência da família.


Mais Lidas