Crime

Homem de 60 anos preso por plantar maconha em casa em Gravatá

Do JC Online do JC Online
Do JC Online
do JC Online
Publicado em 02/12/2010 às 22:25
Leitura:

Operação realizada pela Polícia Militar em Gravatá, no Agreste, acabou com a prisão de um desempregado de 60 anos, acusado de tráfico de drogas. Paulo Lopes dos Santos, de 60 anos, foi detido enquanto regava um dos 3 mil pés de maconha que cultivava em sua residência, na Rua Sete de Setembro, no Centro da cidade. Além da farta plantação, os militares encontraram na propriedade, 100 gramas de sementes, 22 papelotes e 400 gramas da droga pronta para o consumo.

O desfecho da operação aconteceu no fim da tarde desta quinta-feira (2), após 15 dias de investigações. “O nosso serviço reservado recebeu as informações sobre o acusado e aguardou o momento certo para pegá-lo em flagrante”, contou a capitã Roberta Pinheiro.

Quando deixavam a residência, os policiais encontraram um usuário, que confirmou que o local era ponto de comercialização de drogas. “Este rapaz nos contou que já havia comprado maconha hoje (quinta) e consumido o entorpecente. No momento estava retornando para conseguir mais”, acrescentou a policial. Tanto o acusado quando a testemunha foram levados à delegacia da cidade.

O desempregado foi autuado e, após prestar depoimento, encaminhado para a Cadeia Pública de Gravatá, onde ficará à disposicação da Justiça. A testemunha também prestou esclarecimentos e foi liberada. Segundo levantamento da polícia, Paulo Lopes dos Santos vendia os papelotes a R$ 2,50, R$ 5 e R$ 10.


Mais Lidas