TEMPO

Chuva forte castiga áreas no Sertão pernambucano

Leitura:

Além da ocorrência de ventos mais fortes no litoral, a mudança climática foi sentida em municípios do Sertão de Pernambuco. Em Floresta, a madrugada de ontem teve fortes chuvas.

O Laboratório de Meteorologia de Pernambuco (Lamepe) registrou, em 24 horas, mais que o dobro do índice pluviométrico histórico do município. Das 7h da quarta-feira até as 7h de ontem, caíram 129 milímetros de água. A média nesse período é de 50 milímetros. Outros municípios sertanejos que também sofreram com o temporal foram Santa Terezinha e Araripina.

A previsão do Lamepe para hoje é de mais chuva nas cidades sertanejas. “Essa zona de convergência de umidade permanece cobrindo parte da Região Nordeste, intensificando a ocorrência de chuvas”, explicou o meteorologista Romilson Ferreira da Silva.

De acordo com os técnicos, a umidade aumentou muito em toda a região, interferindo também na circulação dos ventos nos níveis elevados da atmosfera. “Os ventos ocorrem em níveis mais baixos e a consequência disso é o aumento da intensidade”, explica Romilson Ferreira.

Ele disse que hoje o Lamepe divulgará a previsão do tempo para o fim de semana, quando será possível apontar se as fortes chuvas continuarão caindo sobre o Sertão do Estado.


Mais Lidas