CULTURA

ONG lança CD de maracatu em Gravatá

Do JC Agreste
Do JC Agreste
Publicado em 14/12/2010 às 15:43
Leitura:

Já está quase tudo pronto para o lançamento do CD da ONG gravataense Grupo de Apoio aos Meninos de Rua (GAMR). O trabalho vai trazer o ritmo do maracatu nas vozes e interpretações dos próprios integrantes do grupo, composto por crianças e jovens de 4 a 19 anos que integram o primeiro maracatu do interior de Pernambuco a gravar um CD. As capas do álbum já estão na gráfica esperando os toques finais.

Todo o trabalho foi feito pelos meninos e meninas acolhidos pela ONG. Desde os ensaios até a preparação no estúdio. O diretor pedagógico do GAMR explicou que o maior objetivo foi incentivar a cultura e mostrar que esse ritmo tão tocado em Pernambuco faz parte da história do Brasil.

“A gente vem conseguindo quebrar uma barreira, uma resistência no meio musical. Acreditamos que esses meninos têm o direito de conhecer a sua identidade. Hoje vemos que eles não copiam e sim aprendem a criar letras e fazer o próprio som”, pontuou Edson Oliveira

Há oito anos que o grupo de maracatu do GAMR se apresenta. Eles já tocaram em diversas cidades de Pernambuco como Bezerros, Caruaru e Recife. Tanto trabalho mereceu o reconhecimento do Governo do Estado que transformou a ONG em Ponto de Cultura. “Nós devemos muito isso ao maracatu que levou o nome do GAMR por onde passou”, disse Edson.

O trabalho do Grupo de Apoio aos Meninos de Rua deverá ser lançado até o final deste mês.


Mais Lidas