PRISÃO

Polícia captura suspeito de homicídio em Águas Belas

Do JC Online do JC Online
Do JC Online
do JC Online
Publicado em 16/12/2010 às 9:30
Leitura:

As polícias civis dos estados de Pernambuco e Alagoas, realizaram na noite dessa terça-feira (14), a prisão de uma homem acusado de ter praticado um homicídio no dia 5 de dezembro, em Águas Belas, no Agreste de Pernambuco.

Lenildo Pereira da Silva, de 33 anos, foi encontrado por policiais na cidade de Rio Largo, na Região Metropolitana de Maceió, em Alagoas. Ele teria fugido para o outro estado logo após o crime e já trabalhava a uma semana como cortador de cana-de-açúcar.

O crime aconteceu no Sítio Jacaré, na Zona Rural de Águas Belas. A motivação para o homicídio ainda não foi esclarecida pelo delegado José Luzia, que investiga o caso. No depoimento, Lenildo justificou o assassinato com o argumento de que a vítima praticava estupros. Para o delegado, a informação não tem crédito já que a própria população confirma participação do acusado em outros crimes na cidade.

O delegado José Luzia informa ainda, que o assassinato foi praticado de maneira
fria e também para não deixar vestígios à polícia.  “O investigado efetuou um disparo de arma de fogo na vítima, que em seguida teve parte do corpo queimado com gasolina que ela mesma havia comprado para o assassino, minutos antes”, informou.

A polícia aguarda ainda o resultado da perícia tanatoscópica (necropsia no corpo), para saber se a vítima ainda estava viva no momento em que Lenildo ateou fogo. O acusado foi encaminhado à Cadeia Pública de Garanhuns, para aguardar a decisão da justiça.


Mais Lidas