piratas do sertão

Polícia desarticula quadrilha que roubava cargas em vários estados do Nordeste

Do JC Online do JC Online
Do JC Online
do JC Online
Publicado em 17/12/2010 às 8:25
Leitura:

A operação Piratas do Sertão desarticulou uma das maiores quadrilhas especializada em roubo de cargas no Nordeste. O grupo atuava no Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Ceará e Bahia. A operação foi deflagrada na última quarta-feira (15) pela Polícia Federal do Rio Grande do Norte, com apoio da Polícia Federal de Pernambuco.

As investigações tiveram início em janeiro deste ano, depois do roubo de uma carga de calçados em Caicó (RN). Durante o ano, a operação efetuou 31 prisões e apreendeu cerca de R$ 200 mil em dinheiro, além de veículos, aparelhos de televisão e DVD, alimentos, material hospitalar e armas.

Foi detectada a existência de quatro quadrilhas especializadas neste tipo de crime, que seriam responsáveis por cerca de 30 roubos no Nordeste. Desde o início da operação, 10 cargas com valor estimado de R$ 5 milhões foram recuperadas. Entre os produtos, havia eletrônicos, medicamentos e calçados. De acordo com a Polícia Federal, a ação acontecia em trechos específicos, como subidas e paradas de estradas, de modo a dificultar a fuga dos caminhoneiros. Após a abordagem, uma parte do bando se encarregava de roubar a carga enquanto outra conduzia o caminhoneiro a algum cativeiro temporário.

Ainda segundo a PF, os roubos normalmente não resultavam em mortes, mas algumas quadrilhas agrediam os caminhoneiros, como forma de intimidação. As investigações apontaram que os assaltantes não mantinham as cargas roubadas em estoque por muito tempo, repassando-as a pequenos comerciantes por um preço muito abaixo que o do mercado.

CARGAS RECUPERADAS - Em Pernambuco, três cargas foram recuperadas. A primeira foi de 1.656 televisões de LCD, que havia sido roubada no município de Casa Nova (BA), a 572 Km de Salvador. A ação aconteceu no dia 28 de novembro. A carga foi encontrada num galpão às margens da BR 104 no bairro Divinópolis, em Caruaru, no Agreste pernambucano. A segunda carga, de 499 televisões de LCD, foi encontrada no mesmo dia no bairro de Boa Viagem (PE). Três pessoas foram detidas nas duas ações e, após prestarem depoimentos, foram liberadas.

Na terceira ação aconteceu no último dia 10. Nela, foi preso Wylliton Kelson Macedo Pinheiro, 24. A prisão aconteceu quando uma carreta de placa BYF-7478 de Mossoró (RN) com mais de 1.750 televisões de LCD, roubada no dia 6 deste mês no município de Xexéu, na Zona da Mata pernambucana, deixou o pátio de uma empresa seguindo viagem para Salvador (BA). Equipes de policiais federais encontraram a carreta abandonada no pátio de um posto de combustível localizado na entrada de Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata.

Após algumas horas, Wylliton chegou, conduzindo um Corolla, de cor preta e placa KJY-3686. No momento em que ele se dirigiu até a carroceria, foi realizada a abordagem policial. Ao revistar o interior do carro, os policiais encontraram dois Certificados de Registro e Licenciamento de Veiculo, sendo um deles da carroceria do caminhão.

Wylliton foi conduzido para a Superintendência da Polícia Federal no Recife, onde foi autuado por receptação. Caso seja condenado, pode pegar uma pena de 1 a 4 anos de reclusão. O suspeito foi levado para o Centro de Triagem (Cotel), em Abreu e Lima.


Mais Lidas