ESTRADAS

Chuvas e paralisação de obras pioram situação da PE 320

Luiz Carlos Fernandes
Luiz Carlos Fernandes
Publicado em 18/12/2010 às 14:44
Leitura:

O problema da malha viária da PE 320, trecho que liga o município de Afogados da Ingazeira a Serra Talhada, no sertão, piorou após as últimas chuvas que caíram na região. A cena mais comum para quem trafega diariamente pela rodovia é de veículos quebrados com pneus estourados e acidentes, muitos provocados na tentativa dos motoristas desviarem dos diversos buracos espalhados no asfalto.

No trecho entre Serra Talhada e Calumbi alguns buracos estão sendo tapados com barro, em vão, diante da situação do trecho. A obra de recapeamento está parada, a empresa EIT, responsável pela obra, sumiu e as chuvas prometem complicar ainda mais a situação. Nos últimos meses foram registrados vários acidentes com vítimas fatais.

A ordem de serviço foi assinada no ultimo mês de março, mas o recapeamento da estrada que vai de São Jose do Egito até Serra Talhada, cortando municípios como Tabira, Afogados da Ingazeira, Carnaiba, Flores, Triunfo e Calumbi, até o momento não conseguiu sair do primeiro município.

Após as últimas eleições, o governador reeleito Eduardo Campos (PSB) deu um ultimato para que a empresa EIT agilizar as obras, do contrário seria substituída por outra empresa que estivesse disposta a fazer o recapeamento dentro do cronograma, mas as máquinas e o material permanecem no local e a obra interrompida a mais de duas semanas.


Mais Lidas