TENSÃO

Confusão e correria na Câmara de Vereadores de Garanhuns

Do JC Online do JC Online
Do JC Online
do JC Online
Publicado em 21/12/2010 às 12:13
Leitura:

Depois de um bate boca entre os vereadores Gerson Filho e Sivaldo Albino, começou uma grande confusão no plenário da Câmara de Garanhuns, no agreste de Pernambuco, na última sexta-feira (17).

Quem estava na plateia viveu momentos de tensão, principalmente porque algumas pessoas estavam armadas dentro da Câmara.

De acordo com o vereador Silvado Albino, um policial militar que é irmão de Gerson Filho estava na sessão e chegou a sacar uma arma dizendo que iria matá-lo.

\"Quando o vereador Gerson partiu contra a gente que estava na tribuna, o irmão dele pulou até o plenário e sacou uma pistola. O tio do vereador Gerson, que é policial civil, também estava armado. Ele entrou em plenário com a arma em punho. Com isso, muita gente começou a correr e a confusão foi grande\', disse o edil Silvado Albino.

Cadeiras e mesas foram quebradas, até a bandeira do município foi arrancada e jogada junto ao lixo.

Com medo de morrer, o vereador Silvaldo Albino procurou às autoridades para pedir garantia de vida. Agora, as polícias Civil e Militar irão apurar as ocorrências e a conduta dos policiais envolvidos.


Mais Lidas