INFRAESTRUTURA

Fábrica da Termotécnica Nordeste será implantada no Sertão

Do JC Online do JC Online
Do JC Online
do JC Online
Publicado em 31/12/2010 às 12:31
Leitura:

Está prevista para maio de 2011, a primeira etapa da implantação da fábrica da Termotécnica Nordeste em Petrolina. A empresa – que tem 50 anos de atuação no país e atende aos estados de Paraná, São Paulo, Goiás, Amazônia e Santa Catarina – vai produzir embalagem de isopor para frutas.

A ideia já foi apresentada, inclusive, para produtores rurais que fazem parte da Câmara de Fruticultura. De acordo com informações da prefeitura, o investimento está orçado em R$ 5 milhões e deve gerar 60 empregos diretos.

Antes de decidir pela implantação, os responsáveis pela fábrica realizaram, durante o período de um ano e meio, estudos experimentais de validação do produto e aceitabilidade com os produtores. \"Com a validação realizada, vamos partir agora para a implantação da fábrica\", frisa o superintendente da Termotécnica Nordeste, Nivaldo Oliveira.

A segunda fase do projeto deve ser implantada em 2012 e, além dos produtos para a fruticultura, deve comercializar também itens de isopor voltados para a construção civil.

\"Essa solução em isopor já é utilizada há algum tempo em outros países, a exemplo da Califórnia. A embalagem possibilita que nosso produto tenha uma maior durabilidade e, por ser mais leve, facilita o transporte produzindo uma maior economia nos custos\", destaca o empresário Vilmar Capellaro.


Mais Lidas