HOMICÍDIO

Adolescente de 17 anos é morto a pedradas no Sertão

Luiz Carlos Fernandes
Luiz Carlos Fernandes
Publicado em 10/01/2011 às 11:00
Leitura:

O corpo de um adolescente de 17 anos foi encontrado por populares em um terreno baldio, próximo a residência onde morava, na Rua Nova, centro do município de Solidão, no Sertão de Pernambuco. A vítima estava desaparecida desde a última sexta-feira, quando foi visto bebendo com o principal suspeito do crime, Eduardo Guilherme da Silva, 19 anos.

De acordo com a polícia, por volta da meia noite de sexta-feira (07), Eduardo tinha deixado o menor bebendo na rua, e foi pra sua casa, porém esqueceu a porta aberta e a vitima entrou e o agrediu, fato que provocou a reação do acusado. Ele pegou um fio e tentou estrangular o jovem, como não conseguiu, pegou uma pedra de paralelepípedo e jogou na cabeça do adolescente que teve morte instantânea.
 
Em depoimento, o acusado informou a polícia que depois de matar a vítima, ele escondeu o corpo no muro da residência, e quando foi amanhecendo o dia, pegou o cadáver e jogou em um terreno baldio onde existe um matagal.
 
O corpo da vítima, que apresentava sinais de espancamento na cabeça, foi removido para o Hospital Regional Emília Câmara, em Afogados da Ingazeira para a perícia médica.  O assassino confesso foi conduzido para Delegacia de polícia da Cidade de Tabira, também no sertão, onde foi autuado em flagrante delito
 
No entanto, a polícia encontrou próximo onde o corpo foi localizado, a carteira de identidade do acusado do homicídio. O serviço de inteligência entrou em ação e depois de algumas informações, deslocou até a cidade de Sertania, no sertão de Pernambuco, e conseguiu prender Eduardo Guilherme, que em seguida o mesmo confessou o crime.


Mais Lidas