CRIME AMBIENTAL

Polícia apreende 95 toras de madeira da Mata Atlântica em Quipapá

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 13/01/2011 às 10:31
NOTÍCIA
Leitura:

Policiais da Delegacia de Meio Ambiente, em conjunto com o Departamento de Fiscalização da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) e policiais militares do 10º BPM, apreenderam, em Quipapá, no Agreste de Pernambuco, 95 toras de madeira nativa oriunda da Mata Atlântica. O produto estava em terras da Usina Água Branca, que está desativada.

\"A CPRH teve a informação desse desmatamento e nos contatou para irmos ao local. Fizemos antes um sobrevoo com a aeronave da Secretaria de Defesa Social e constatamos que, de fato, havia uma clareira enorme aberta no meio da vegetação\", explica a delegada Verônica Azevedo, titular da Delegacia de Meio Ambiente.

Apesar da apreensão da madeira, ninguém foi detido. \"Acreditamos que a madeira havia sido cortada recentemente e que o transporte seria realizado à noite, para evitar fiscalização\", completa Verônica. O material apreendido será doado para ações sociais, como a fabricação de bancas de escolas.

Quem for pego desmatando mata atlântica pode ser autuado em flagrante e pegar de um a três anos de detenção, de acordo com o artigo 39 da Lei de Crimes Ambientais.

Mais Lidas