18 DE JUNHO

Após sete meses da enchente, famílias de Quipapá continuam sem moradia

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 04/02/2011 às 10:37
NOTÍCIA
Leitura:

Depois de mais de seis meses, famílias ainda sofrem as consequências da enchente do dia 18 de de junho. Em Quipapá, Zona da Mata de Pernambuco, mais de 50 famílias do centro da cidade tiveram que sair de suas casas por conta da chuva, alguns que receberam o auxílio aluguel ainda não voltaram para casa.

“Parte da minha casa caiu, não tinha como ficar aqui, estou em uma casa alugada no fim da rua”, conta a dona de casa Benedita da Silva.

O problema é que a ajuda do governo acabou e agora Dona Benedita e outras famílias não têm outra alternativa a não ser voltar para perto do perigo. “Eu não tenho emprego, não tenho mais dinheiro para pagar o aluguel, então vou ter que voltar e rezar pra não chover”, desabafou e dona de casa Geralda Quitéria.

O governo do estado prometeu construir 100 casas para retirar essas famílias da área de risco, elas deveriam ter sido entregues em janeiro deste ano, mas até agora o projeto não saiu do papel. O terreno fica no bairro do canarinho, mas até agora no lugar de casas, só encontramos mato no local.

A prefeitura da cidade se diz isenta de qual responsabilidade na construção dessas casas, mas entende a gravidade da situação e apenas espera uma posição do governo do Estado.

“Não só essas famílias, mas a prefeitura também está esperando uma posição do governo, eles não podem continuar aqui, se continuarem as chuvas eles serão atingidos de novo”, concluiu o coordenador da Defesa Civil do município, Nivaldo Mendonça.

Mais Lidas