SAÚDE

Assistência à saúde ainda é precária na Zona da Mata

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 04/02/2011 às 7:35
NOTÍCIA
Leitura:

Prestes a ser inaugurado, o Hospital Regional de Palmares, na Zona da Mata Sul do Estado, passa atualmente pelos últimos ajustes para a conclusão da primeira etapa da obra. Mas a falta da Unidade de Saúde, desde junho do ano passado, quando o antigo prédio foi totalmente destruído pela enchente, tem provocado um caos na saúde pública da cidade.

Hoje os atendimentos são realizados em dois hospitais particulares conveniados ao SUS, para onde foram transferidos os 65 médicos que atuavam no Regional. Mesmo assim a população reclama da falta de médicos e do péssimo atendimento. “Na semana passada tive que levar minha mulher para Recife, porque aqui em Palmares não conseguimos atendimento”, reclamou o vendedor Edvaldo Antônio.

Os transtornos devem diminuir até o final deste mês, quando o Hospital Regional de Palmares será finalizado após alguns atrasos na obra, já que a inauguração estava prevista para dezembro do ano passado. Inicialmente funcionarão apenas os serviços de clínica médica e emergência pediátrica. “Dentro do Hospital funcionará uma UPA com 35 médicos, que devem atender a 22 municípios da região”, acrescentou o diretor do Hospital, Alexandre Falbo.

O problema é que, até o final do ano, tempo necessário para concluir a segunda etapa, internamentos, cirurgias, maternidade e outros serviços, também considerados essenciais, continuarão funcionando nos hospitais conveniados de Palmares.

Mais Lidas