DENÚNCIA

Cadeia pública de Carnaíba é invadida por barbeiros

Especial JC Interior
Especial JC Interior
Publicado em 07/02/2011 às 8:15
NOTÍCIA
Leitura:

O barbeiro, inseto vetor da doença de Chagas, tem tirando o sossego dos detentos da Cadeia Pública de Carnaíba, no Sertão de Pernambuco. Os detentos reclamam da grande quantidade do inseto nas celas.

De acordo com o Coordenador Alexandre Moraes, o caso foi levado na manhã dessa sexta-feira (4) ao conhecimento da Secretária Municipal de Saúde, Inês Jurubeba. Moraes afirmou que a secretária se prontificou em tomar providências no sentido de enviar agentes de endemias para fazer a borrifação de veneno e matar barbeiros.

A descoberta de barbeiros na unidade prisional aconteceu há vários meses. O que não se sabe até agora é se estes insetos estão infectados pelo protozoário Trypanosoma cruzi, transmissor da doença.

O mal de Chagas até pouco tempo atrás era considerado uma doença rural, associada à pobreza e as péssimas condições de moradia, mas a doença se disseminou na área urbana, tomando proporções preocupantes. A doença se prolonga durante anos e os sintomas variam no decorrer da infecção. No início são apenas ligeiros inchaços nos locais infeccionados. Após cerca de 20 anos, tornam-se crônicos e podem afetar o coração e o intestino.

Mais Lidas