CBF volta atrás e decide dividir título do Sport com o Flamengo

NOTÍCIA
Leitura:

Já falamos aqui neste espaço da polêmica envolvendo o Campeonato Brasileiro de 1987. Destacamos que se fosse analisarmos quem tinha mais direito de reivindicar o título pelos adversários enfrentados nos diferentes módulos da Copa União daquele ano o Flamengo levaria vantagem sobre o Sport. Entretanto lembrávamos que se a instituição que organiza o futebol no país declara a equipe pernambucana como detentora da conquista então não havia mais o que questionar. Não havia.

Agora a CBF mudou tudo. Decidiu que o Brasileirão de 1987 teve dois campeões. O Sport, segundo a Confederação, teve conquista igual ao Flamengo. Tal decisão fez com que a diretoria do Leão da Ilha se indignasse.

O detalhe é que a justiça já havia dado parecer favorável ao rubro-negro pernambucano em 1994, o que impedia a CBF de declarar os cariocas também como campeões. Os dirigentes do Sport prometem tomar as medidas cabíveis.

Mas venhamos e convenhamos: que diferença fará para a torcida do Sport se o título de 1987 passa agora a ser compartilhado oficialmente com o Flamengo se nos últimos 24 anos a causa foi tratada da mesma forma?

Agora a CBF mudou tudo. Decidiu que o Brasileirão de 1987 teve dois campeões

Essa briga tem mais gente envolvida ainda. O São Paulo recebeu recentemente a tão falada Taça das Bolinhas que deveria parar na sede do primeiro clube a ser pentacampeão. Como o título de 1987 do Flamengo não era reconhecido o tricolor paulista seria o primeiro a conquistar cinco campeonatos. Mas agora com a mudança de atitude da CBF o time da Gávea quer a bendita taça que nunca sequer especulou-se ficar na Ilha do Retiro.

O que existe mesmo por trás de tudo isso são interesses políticos, principalmente do senhor Ricardo teixeira, presidente da CBF. Nenhuma atitude como essa ou como a de unificar os títulos da Taça Brasil e do Robertão ao Campeonato Brasileiro foi tomada sem algum interesse.

Mas não é um pronunciamento da CBF ou de quem quer que seja que tirará o brilho da conquista do time leonino que trouxe para o estado o primeiro título nacional de um clube pernambucano e garantiu a equipe na edição seguinte da Libertadores. Tanta discussão não vale de nada. O campeão de 1987 é o Sport que entrou em campo e decidiu. Agora para a CBF é o Flamengo também que, como dizem os leoninos \"correu da briga\". E nada desmerece o título pernambucano do campeonato que ainda não acabou.

Mais Lidas