SAÚDE

Moradores de Afogados da Ingazeira alertam para novo foco de dengue

Luiz Carlos Fernandes
Luiz Carlos Fernandes
Publicado em 22/02/2011 às 12:31
NOTÍCIA
Leitura:

A fonte de água que embeleza as noites da Praça Arruda Câmara de Afogados da Ingazeira, no Sertão do Estado, pode ser também um foco de proliferação das larvas do mosquito Aedes aegypt, transmissor da dengue.

De acordo com Fabiana Lúcia, que mora próximo à praça, o local é cheio de larvas dos mosquitos. \"Eu estava essa semana à tarde com algumas amigas nos bancos da praça próxima ao local e não aguentamos as picadas de mosquito, tivemos que sair, mas antes fomos observar o inseto e percebemos que eram listrados como os da dengue não eram pernilongos\", afirmou.

O Departamento de Epidemiologia da Secretaria Municipal de Saúde informou que a água da fonte é constantemente renovada, no entanto, admitiu que não é colocado o veneno que combate o mosquito.

De acordo com Roberto Ivo, da Divisão de Dengue no município, nunca foi colocado o abate no local porque a química é a base de areia e corre o risco de entupir os furos por onde saem os jatos d’água. \"Poderia ser combatido com algo líquido, uma espécie de cloro. Não é difícil haver a proliferação no local porque as paredes da fonte ficam úmidas os mosquitos podem depositar os ovos\", afirmou.

A incidência do mosquito transmissor da dengue levou o município a liderar o ranking de maior número de notificações em Pernambuco com 102 registros.

Mais Lidas