SURUBIM

Homem é acusado de esquartejar esposa em ritual

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 02/03/2011 às 13:12
NOTÍCIA
Leitura:

Um homem identificado apenas como Aílton foi preso acusado de esquartejar sua esposa, a professora estadual Maria Iraci de Morais. De acordo com as investigações, o casal, que morava de aluguel em um terreno de candomblé, teria participado de um ritual de magia negra envolvendo sacrifícios humanos. A professora foi carbonizada e esquartejada.

A ossada da vítima foi encontrada dentro de um açude no povoado de Desterro, em Surubim, juntamente com a faca utilizada no crime e será encaminhada para perícia no Instituto de Medicina Legal, para que seja feito o exame de DNA que indicará se os ossos são mesmo da professora.

O delegado Felipe Regueira afirma que todo o ritual foi comandado por um pai e uma mãe de santo, que já tiveram seus mandados de prisão expedidos. Eles seriam os donos da casa alugada por Ailton e Maria Iraci, e são acusados de torturar o casal. Além disso, foram eles que teriam ateado fogo à vítima e obrigado Aílton a esquartejá-la.

Mais Lidas