ESPORTES

Givanildo Oliveira pede R$ 50 mil e é descartado pelo Central. Novo técnico é Carlos Serrão

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 03/03/2011 às 10:21
NOTÍCIA
Leitura:

Quem esperava que Givanildo Oliveira seria o novo técnico do Central, substituindo Maurício Simões que deixou o comando do time nessa quarta-feira (2) e foi para o Campinense/PB, recebeu uma notícia inesperada na manhã de hoje (3).

A diretoria confirmou e o novo técnico contratado para seguir com a Patativa do Agreste no Campeonato Pernambucano de 2011 é o paulista José Carlos Ferrão, 60 anos.

Serrão, como é chamado, já treinou o Central em 1992. A última equipe dirigida por ele foi o América de Rio Preto, em São Paulo.

Além do treinador, outra novidade do Central é a chegada do auxiliar técnico José Carlos Ferrão Filho e do preparador físico Edson Rosa. A nova comissão técnica se apresenta no clube na tarde dessa sexta-feira (4).

De acordo com o presidente do Central, João Tavares, a negociação com Givanildo Oliveira ficou inviável por que ele teria pedido uma salário de R$ 50 mil.

Mais Lidas