AGRESTE

Denúncia: Crianças precisam empurrar ônibus para ir à escola

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 16/03/2011 às 9:27
NOTÍCIA
Leitura:

O JC Online recebeu nessa terça-feira (15), uma denúncia vinda da zona rural de Caruaru, no Agreste de Pernambuco.

A informação dava conta de que o ônibus da empresa Libertur que faz o transporte escolar de estudantes de comunidades da zona rural (Malhada de Pedra, Riachão, Serra Velha, Riacho do Viado, Saguim e Guaribas) até Caruaru, está em péssimas condições.

Os estudantes chegaram a informar que o veículo, além de muito velho, não tem condição de estar em circulação. 'Esse ônibus é muito velho. Até problemas de freio ele tem. Sem falar os bancos que são quebrados. Ou seja, a gente corre risco para poder estudar', lamenta Maria do Socorro Souza, que mora em Saguim e estuda de pedagogia em Caruaru.

Além dos alunos, as mães de algumas crianças e adolescentes que precisam do transporte reclamam da demora do ônibus e fazem um grave alerta.

'Muitas vezes o ônibus quebra na estrada e é preciso que as crianças desçam para empurrar. E, nesses últimos cinco dias, o ônibus se envolveu em dois acidentes, chegando a invadir uma cerca no Sítio Riacho do Viado', disse Rosilda da conceição.

E ela acrescenta. 'Quando meus filhos saem para ir à escola, eu fico rezando para que voltem vivos pra casa', finalizou.

Em nota, a Prefeitura Municipal de Caruaru informou que irá notificar a empresa de ônibus responsável pelo transporte escolar de estudantes de comunidades da zona rural (Malhada de Pedra, Riachão, Serra Velha, Riacho do Viado, Saguim e Guaribas) até Caruaru. O Governo Municipal disse ainda que cobrará da empresa explicações sobre o episódio e tomará as medidas cabíveis para que situações como essas não voltem a ocorrer.

Mais Lidas