Abastecimento

Vândalos abrem descarga de barragem e provocam colapso em Chã Grande

Do NE10
Do NE10
Publicado em 25/03/2011 às 18:22
NOTÍCIA
Leitura:

Foto: Divulgação/Compesa

https://www2.uol.com.br/JC/HTML_PORTAL/cotidiano/barragem_cha_grande_470.jpg

O sistema de abastecimento de água do município de Chã Grande, no Agreste pernambucano, entrou em colapso nesta sexta-feira (25) depois que, por duas vezes, vândalos abriram a descarga da Barragem Macacos, um dos mananciais responsáveis pelo atendimento à cidade, que tem 15 mil habitantes.

O município já estava enfrentando problema de distribuição de água antes do incidente, pois a Barragem de Siriquita estava seca, deixando a Barragem Macacos como a única fonte de abastecimento local.

Na última terça-feira (22) o reservatório estava praticamente cheio. Um funcionário da empresa que reside perto da barragem informou que, por volta das 5h daquele dia, a barragem estava quase seca, com a descarra de fundo aberta. O funcionário pediu ajuda a um encanador e ambos conseguiram fechar a descarga.

De acordo com o gerente da Unidade de Negócios Russas, Julio César Azevedo, como a barragem é de nível - depende da água das chuvas, já que o rio é perene - o seu armazenamento ocorre de forma rápida. Quando o manancial voltou a pegar nível, o problema voltou a ocorrer. Nesta manhã (25), o operador da Compesa foi surpreendido com uma nova investida de vândalos, que abriram novamente a comporta, esvaziando a barragem.

A Barragem de Siriquita contribui com 19 litros de água por segundo, enquanto a de Macacos com 15 litros de água por segundo. Para o atendimento emergencial de Chã Grande, a Compesa está disponibilizando carro-pipa.
De acordo com Julio César Azevedo, a Compesa já registrou dois boletins de ocorrência e, na próxima segunda-feira (28), entrará com uma ação no Ministério Público da cidade.

Mais Lidas