APREENSÃO

Polícia aprende mais de 3 mil pedras de crack em Surubim

Alan Lucena
Alan Lucena
Publicado em 29/03/2011 às 12:20
NOTÍCIA
Leitura:

ATUALIZADA ÀS 13H51

Uma mulher foi detida na tarde dessa segunda-feira (28), na Rua D do Loteamento Marista Pio XII, em Surubim, acusada de tráfico de entorpecentes.

Durante a ação, a polícia apreendeu 3.020 pedras de crack, 768 tabletes de maconha e 410 tubos de cocaína, R$ 86,20 em espécie, um celular e dois cadernos de anotações com valores anotados do resultado do tráfico.

Segundo a Polícia Militar, a droga foi encontrada enterrada no quintal de um bar que pertence a uma mulher que continua foragida. Uma usuária de droga, Lenilda Ferreira Soares, 28 anos, estava no local acompanhada de um adolescente de 14 anos. Com a chegada da polícia no local, dois homens, não identificados, conseguiram fugir entrando em um matagal.

Em depoimento ao delegado Nicodemos Silva, Lenilda disse que não era proprietária do bar e teria ido ao estabelecimento comprar aguardente. A mulher admitiu ser usuária de drogas. Como a polícia não encontrou provas de que ela comercializava o entorpecente,  a acusada foi liberada.

Já o adolescente afirmou que o bar pertence a duas pessoas identificadas como “Lia” e “Pepê”. “O menor alegou que estava no bar a pedido de Lia que havia saído para fazer compras. Há dois dias, ele viu quando o casal enterrou a droga perto de uma palmeira no quintal da casa e indicou o local à polícia”, contou o delegado.

Ainda de acordo com a Polícia Militar, esta é a maior apreensão de entorpecentes realizada em Surubim este ano.

Mais Lidas