VIOLÊNCIA

Mulher manda matar o marido em Passira de olho no seguro de vida

Do NE10
Do NE10
Publicado em 13/04/2011 às 8:53
NOTÍCIA
Leitura:

Um crime chocou a pequena cidade de Passira, no Agreste de Pernambuco, na noite dessa terça-feira (12).

De acordo com a Polícia Militar, o Cabo da PM Raimundo Matheus Lucena, 46 anos, lotado na cidade de João Alfredo, foi assassinado dentro do próprio carro, na PE 95.

Ainda segundo informações policiais, a esposa da vítima, Maria Aparecida da Silva, 34, é acusada de ter contratado por R$2 mil o ex-presidiário Josilnaldo Tabosa de Lima, que por sua vez entrou em contato com Lucinaldo José de Souza, responsável por efetuar os três tiros que mataram o policial.

O motivo do crime, de acordo com a polícia, seria o seguro de vida que Raimundo Matheus teria o valor de R$ 50 mil. Em 1 hora de investigações, a polícia prendeu todos os envolvidos, além do mototaxista Paulo Joaquim da Silva, acusado de ter levado o assassino até o local do crime. Eles foram levados para a delegacia de Limoeiro.

O corpo de Raimundo Matheus está no necrotério da cidade de Passira, aguardando para ser levado para o IML de Caruaru.

Mais Lidas