Caruaru e suas apostas para atrair os turistas

Por Dilson Oliveira
Por Dilson Oliveira
Publicado em 14/04/2011 às 10:40
NOTÍCIA
Leitura:

Depois de um Carnaval que verdadeiramente não existe para Caruaru, no Agreste pernambucano, pois diversas foram as tentativas em vão, de resgatar a festa; agora é a hora de pensar em três grandes eventos que colocam a cidade no cenário turístico nacional.

O primeiro, a Semana Santa, que nos dias atuais, parece mesmo que de santa não tem mais nada, tamanha a descaracterização da data, pois hoje em dia só se pensa em festas profanas, shows, e quase ninguém sabe sequer o significado da data.

Mas Caruaru, como parada obrigatória, não poderia deixar de buscar o seu espaço para atrair os turistas que passam em direção à Fazenda Nova.

Temos o já tradicional Alto do Moura, a inconfundível Feira de Artesanato, e o quase falido Polo da Estação Ferroviária, onde uma tímida programação será desenvolvida, com o objetivo de “segurar” quem passa pela cidade.

Poderíamos até ter nomes de maior expressão, como por exemplo, todos os anos a cidade de Gravatá faz, mas para a dimensão do nosso evento, está de bom tamanho.

Depois vem a tradicional Fórmula Truck, que este ano será no dia 15 de maio e vai trazer de volta os monstros para o Autódromo Airton Senna.

O ronco dos motores vai fazer a cidade tremer, e como em todos os anos, com certeza casa cheia, com shows de acrobacia, velocidade e beleza para todos os gostos. Valer a pena conferir.

E por último vem o nosso tradicional período junino, a maior festa popular do Nordeste. Este ano, a festa já está sendo elaborada, e mesmo sem Vila do Forró, a promessa é que teremos uma grande festa, com projetos inovadores, que prometem não deixar ninguém com saudade de festas do passado.

A esperança é de que nesses três eventos, a cidade possa receber bem os visitantes. Que possamos vender bem todos os nossos produtos: a hospitalidade, a educação, o carinho e o respeito por quem nos visita.

Que não haja exploração nos preços praticados, pois turista bem atendido sempre volta, enquanto que a propaganda negativa boca a boca traz prejuízos inimagináveis.

Em meio a tanta festa, que possamos tirar um tempinho para pelo menos refletir sobre a importância da semana que vem: que não esperemos apenas o salvador ser crucificado, sem saber realmente o que ele fez por nós.

Até a próxima com as novidades do São João. Aguardem!

Mais Lidas