Movimento

MST ocupa fazenda no Agreste. Outras 15 ocupações serão realizadas até o fim do mês

Do NE10
Do NE10
Publicado em 15/04/2011 às 0:37
NOTÍCIA
Leitura:

Cerca de 80 famílias do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) ocuparam, na manhã dessa quinta-feira (14), a fazenda Santa Rita, em São Bento do Una, Agreste do Estado. A ocupação dá início às ações da Jornada Nacional de Lutas por Reforma Agrária no Estado de Pernambuco. O MST promete realizar pelo menos mais 15 ocupações no estado nos próximos dias.

Os manifestantes exigem que o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) agilize a reforma agrária em Pernambuco. De acordo com informções repassadas pelo MST, 57% dos latifúndios cadastrados no órgão são improdutivos, num total de 411.657 hectares, área que, segundo o movimento, é suficiente para assentar  23.000 famílias.

REIVINDICAÇÕES NACIONAIS - A Jornada Nacional de Lutas por Reforma Agrária acontece em todo o Brasil e seguirá até o final deste mês. O MST exige o assentamento das 100 mil famílias acampadas até o final deste ano; que o Governo apresente um plano de metas de assentamentos em áreas desapropriadas até 2014; um programa de desenvolvimento dos assentamentos, com investimentos públicos, crédito agrícola, habitação rural, educação e saúde; e medidas para garantir educação nos assentamentos.

Mais Lidas