TRÂNSITO

Petrolina quer mapear áreas de acidente

Do NE10
Do NE10
Publicado em 18/04/2011 às 7:56
NOTÍCIA
Leitura:

Excesso de velocidade, não utilização de equipamentos de segurança e embriaguez são as principais causas dos acidentes envolvendo motociclistas em Petrolina, no Sertão de Pernambuco.

Na maior parte das vezes, os envolvidos são homens, na faixa etária dos 20 aos 39 anos. Estes dados fazem parte de um estudo realizado pelo Núcleo de Prevenção da Violência, Promoção da Saúde e Cultura de Paz, atrelado à secretaria de Saúde deste município sertanejo.

Com o estudo em mãos, a secretaria de Saúde de Petrolina pretende avaliar que tipos de iniciativa poderão ser tomadas, em parceria com outros órgãos e instituições, que possam diminuir as estatísticas negativas de trânsito.

''Antes de traçar metas, com ações, atividades e campanhas para reduzir as estatísticas, precisamos saber como essa problemática é registrada na região, pois só assim, com medidas específicas que irão tratar diretamente do problema, é que iremos conseguir mudar esse quadro no nosso município'', enfatiza a secretária de Saúde, Lúcia Giesta.

Ainda de acordo com os dados levantados pela prefeitura, 50% dos acidentes envolvem moto com carros; 25% são de moto com moto e 25% de moto com outros veículos como caminhões e ônibus. A meta agora é mapear as áreas onde os acidentes são mais frequentes.

''A ideia é sinalizar cada ponto com cores diferentes: verde significa que é uma área com poucas ocorrências; amarelo, área de atenção e vermelho como alto risco. A intenção é fazer com que o condutor fique em alerta ao entrar em uma destas áreas e  tenha consciência de que o risco de acidentes é maior e, desta forma, possa redobrara a atenção'', frisa o coordenador de promoção à saúde da prefeitura de Petrolina, Silvoney Junior.

Mais Lidas