EVENTO

Projeto social de Gravatá ganha olhares internacionais

Do NE10
Do NE10
Publicado em 19/04/2011 às 10:41
NOTÍCIA
Leitura:

Um projeto que treina crianças carentes, oferecendo oportunidade da prática de um importante esporte no âmbito internacional, atraiu olhares internacionais no último sábado (16). Os atletas da Obra de Defesa da Infância Pobre (ODIP) recebeu a visita internacional de uma das mais conceituadas jogadoras no Badminton, Marina Morales.

Marina é francesa e representa a SOLIBAD, entidade que promove Badminton solidário no mundo inteiro. Ela veio conhecer o projeto Sonhos & Badminton, de Gravatá. Durante a visita as crianças tiveram a oportunidade de diferentes momentos com treinos e minicursos. O projeto de Gravatá já levou atletas para disputar eliminatórias nacionais e internacionais.

O esporte em Gravatá é disponibilizado apenas na ODIP, mas o projeto é levar a prática para toda a rede municipal de ensino. O que dificulta a pratica do Badminton é o alto custo do material utilizado no esporte.

''Uma raquete pode chegar a 800 dólares, mas existem umas de boa qualidade bem mais baratas'', comentou Franklin Duesberg, jogador profissional. Gravatá já é reconhecida como uma das cidades pólo desse esporte.

Mais Lidas