CHUVAS

Moradores da zona rural de Gameleira permanecem isolados

Do NE10
Do NE10
Publicado em 11/05/2011 às 12:30
NOTÍCIA
Leitura:

A água baixou e amenizou o medo do povo da Mata Sul de Pernambuco, mas em Gameleira, um dos municípios mais pobres da região, 65% da população rural permanece isolada da cidade por causa das fortes chuvas da semana passada.

As precipitações que assustaram a região e deixaram pelo menos nove cidades em estado de emergências arrastaram a cabeceira da principal ponte de ligação entre a área urbana e 50 engenhos.

A Ponte de Pontabe, como é conhecida, já tinha sido parcialmente destruída na enchente de 2010, sendo refeita emergencialmente apenas com barro. Com as chuvas do ínicio da semana passada, a passagem não resistiu, voltando a ter a cabeceira destruída.  A travessia ainda é possível a pé, subindo e descendo uma escada, numa perigosa tarefa.

“Nínguém olha por nós. Depois das chuvas do ano passado, fizeram apenas um remendo na ponte e, mais uma vez, ela não aguentou. A Ponte Pau Sangue outra que faz ligação com os engenhos, está rompida desde a cheia do ano passado” ,reclama a moradora da cidade Lenira Oliveira.

A Prefeitura de Gameleira garantiu que a passagem será refeita nos próximos dias com a ajuda do Estadoe, dessa vez, serão usadas pedras na estrutura.

Mais Lidas