SAÚDE

Hospital de Urgência e Traumas em Petrolina reduz risco de infecção

Do NE10
Do NE10
Publicado em 10/06/2011 às 12:00
NOTÍCIA
Leitura:

O Hospital de Urgência e Traumas em Petrolina, uma das principais referências de atendimento do Sertão de Pernambuco, reduziu a 3% o risco de infecção. Para chegar a esse número, que antes estava na casa dos 15%, o hospital  adotou uma série de medidas e ações educativas.

''Diariamente, membros da Comissão de Controle de Infecções Hospitalares visitam todos os setores, avaliando e orientando as condutas adotadas pelos funcionários. Todas as medidas de prevenção a infecção hospitalar seguem o protocolo da Agência Nacional de Vigilância Sanitária'', enfatiza o presidente da Comissão, Rodrigo Videres. ''Hoje existe um controle maior no hospital quanto ao uso de antibióticos restritos, que são autorizados somente após emissão de laudos da comissão'', frisa ainda o infectologista.

O nível de infecção em 3% é menor do que o preconizado pelo Ministério da Saúde. ''Uma das ações que ajudou a surtir resultados foi a identificação de materiais como lençóis e material de higienização por setor, sendo proibido o trânsito de uma área para outra, evitando o uso indiscriminado de materiais potencialmente contaminados em setores limpos.  A desinfecção das salas amarela e vermelha, além da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) também vem sendo  realizada'', enfatiza a gerente da Comissão de Controle, Maria José Nunes.

''Além disso, todas as enfermarias possuem pias com dispensadores de sabão e papel para que os médicos, enfermeiros, acadêmicos e visitantes possam fazer a lavagem das mãos ao transitarem entre os leitos. A boa conduta dos profissionais de saúde aliada aos cuidados que cada paciente e familiar devem ter no hospital colaboram no combate à infecção hospitalar e consequentemente na promoção da saúde'', complementa.

Mais Lidas