prisão

Quadrilha de assalto a bancos é desarticulada em Bezerros

Do NE10
Do NE10
Publicado em 10/06/2011 às 10:41
NOTÍCIA
Leitura:

A Polícia Civil de Pernambuco apresentou, na manhã desta sexta-feira (10), uma quadrilha presa na última segunda (6), na Encruzilhada de São João, em Bezerros, Agreste de Pernambuco. Dos quatro homens detidos, três iriam assaltar a cooperativa de crédito Unicred, em Caruaru, e o quarto, taxista, iria ajudar na fuga para Recife. Todos foram ouvidos, autuados por formação de quadrilha e encaminhados ao Cotel, em Recife.

Roberto Antônio da Silva, 44 anos, o "Maguila", foi encontrado no início da tarde, em um ônibus que iria para Caruaru. O veículo foi parado em uma blitz montada com apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Maguila era o chefe de quadrilha. Ele e seus comandados realizariam um assalto a uma cooperativa de crédito da cidade. Dois de seus comparsas também estavam no ônibus, mas não foram identificados pela polícia. Segundo o delegado titular da Roubos e Furtos, José Cláudio Nogueira, os agentes decidiram deter Maguila antes do assalto para evitar confusão no centro da cidade, como um tiroteio, por exemplo - o que colocaria em risco a vida de pessoas que circulavam no local.

Porém, a Polícia sabia que um taxista iria ajudar o grupo a fugir, o que gerou uma nova busca na saída da cidade. Por volta das 15h, prenderam o motorista John Cleyton de Santana, de 39 anos; Jean Douglas Ferreira, 33; e Clodoaldo Raposo de Oliveira, 51, o "Coroa". Enquanto Maguila renderia os seguranças, por ser mais alto e forte, e tomaria as armas junto com Jean, Clodoaldo seria o vigia. Há suspeitas de que outros três integrantes da quadrilha estavam em Caruaru esperando para participar da ação, motivo pelo qual as investigações irão continuar.

Também foram apreendidos seis aparelhos celulares e uma bata de uniforme da empresa Baterias Moura, que segundo os criminosos era utilizada como disfarce para transitar nos locais que seriam alvo das ações sem atrair suspeitas.

Maguila confessou já ter participado de vários assaltos em bancos e instituições financeiras na Região Metropolitana do Recife (RMR) e no interior do estado desde que fugiu da prisão, onde cumpria pena por roubo e formação de quadrilha. Entre as agências que foram atacadas, estão o Santander do Arruda, em Recife; o Itaú, em Vitória de Santo Antão; e o HSBC, em Piedade, Jaboatão dos Guararapes. Clodoaldo era foragido da Penitenciária Agro Industrial São João (PAISJ), em Itamaracá, julgado por roubo seguido de morte (latrocínio). John e Jean não possuem antecedentes criminais.

Mais Lidas