Escândalo

Denúncia aponta servidores públicos com benefício do Bolsa Família

Do NE10
Do NE10
Publicado em 20/06/2011 às 17:15
NOTÍCIA
Leitura:

A TV Jornal Caruaru mostrou, em primeira mão, durante o programa O Povo na TV desta segunda-feira (20), uma reportagem apontando o escândalo envolvendo funcionários públicos da cidade de São Joaquim do Monte, no Agreste de Pernambuco, com o programa Bolsa Família.

De acordo com a denúncia, feita pelo vereador Almir Melo, pelo menos 12 pessoas estão recebendo o benefício federal, mesmo sem atender aos pré-requisitos cobrados pelo programa, como por exemplo, estar em situação de extrema pobreza e cada morador da casa ter uma renda mensal de até R$ 70.

“Eu verifiquei que a esposa e a filha do presidente da Câmara, Osmair Raimundo, também se encontravam na lista dos beneficiários do bolsa família'', apontou, lembrando que o vereador Osmair Raimundo recebe cerca de R$ 6 mil.

Enquanto isso, tem muita gente que encontra dificuldades para conseguir conquistar o direito ao programa. É o que acontece com José Lindinaudo, que tira o sustento da família trabalhando numa barraca de caldo de cana, enquanto aguarda a avaliação de seu cadastro.

'Já me cadastrei há mais de um ano, só que até agora não recebi resposta alguma', lamenta.

Ainda segundo a denúncia, que já seguiu para o Ministério Público, entre os apontados estão professores, enfermeiros e familiares de funcionários públicos. Procurado pela reportagem da TV Jornal, Jailson José de Azevedo, responsável pelo cadastramento do programa na cidade, não quis falar sobre o fato de a esposa ter sido contemplada com o benefício.

A Secretaria de Assistência Social de São Joaquim do Monte foi contatada, mas até agora não se pronunciou.

Mais Lidas