exploração sexual

Casas de prostituição são fechadas em Venturosa

Do NE10
Do NE10
Publicado em 21/07/2011 às 11:50
NOTÍCIA
Leitura:

Duas casas de prostituição com exploração de menores foram fechadas durante operação conjunta entre policiais civis e militares, além de representantes do Conselho Tutelar de Venturosa, no Sertão do Estado de Pernambuco. Na ação, duas mulheres foram apontadas como proprietárias dos locais e presas em flagrante pelos agentes. A Polícia Civil já vinha investigando os endereços onde os pontos de favorecimento à prostituição estavam instalados.

De acordo com a delegada Luciana Almeida, que comandou as investigações, o intuito era averiguar a denúncia sobre a existência da casa de prostituição infantil.

Foi presa Maria do Socorro da Silva, 47 anos, no primeiro estabelecimento localizado na Rua Anacleto Lopes de Oliveira, no centro da cidade. No local também funcionava um bar, onde além de garotas de programa, um menor, 17, fazia ponto costumeiramente. Na mesma rua os policiais prenderam Jaide Maria bezerra da Silva, 33, também dona de um bar onde adolescentes e mulheres eram exploradas.  

As garotas que faziam programas nos locais confirmaram, em depoimento na delegacia, a existência de exploração sexual nos dois estabelecimentos.

Maria do Socorro foi autuada em flagrante pelo crime de favorecimento a prostituição de vulnerável. A pena pode variar de 4 a 10 anos de reclusão. Jaide Bezerra irá responder pela manutenção de estabelecimento para exploração sexual, já que nenhuma adolescente foi encontrada no seu bar. Se condenada, ela pode pegar de 2 a 5 anos de prisão. Ambas foram conduzidas à Colônia Feminina de Buíque, a 52 km de Venturosa.

Mais Lidas