RELIGIÃO

Depois de 27 anos, Petrolina terá novo bispo

Do NE10
Do NE10
Publicado em 27/07/2011 às 15:00
NOTÍCIA
Leitura:

Deve acontecer no dia 1º de outubro a posse do novo bispo da Diocese de Petrolina, Dom Manoel Reis de Farias, 65 anos, que atualmente está na Diocese de Patos (PB). O anúncio foi feito na manhã desta quarta-feira (27), durante missa solene na Catedral de Petrolina, presidida pelo bispo emérito Dom Paulo Cardoso.

Os detalhes da posse ainda serão definidos. Até lá, Dom Paulo tem a autorização do Papa Bento XVI para fazer a administração apostólica da Diocese de Petrolina.

“Quando o Papa acolheu minha renúncia e isso já faz tempo, quase dois anos, ele pediu  para que eu  ficasse  até nomear o sucessor. Mas mesmo com a nomeação, Dom Manoel só assume quando toma posse. Ele é nomeado, mas ainda não empossado. Nesse período eu administro a Diocese”, enfatiza Dom Paulo Cardoso.

O bispo emérito de Petrolina faz uma avaliação dos 27 anos em que esteve à frente da Diocese do município. ''É uma trajetória meio longa, né? No dia 1º de maio de 1985, eu chegava aqui quase como um ilustre desconhecido e também desconhecedor da realidade local. Fui pego de surpresa pelo então Papa João Paulo II, que me fez o convite e a mim coube dizer sim. A trajetória não foi muito fácil: antes o clero era reduzido e tinha 14 padres. De imediato, vimos que era urgente investir em duas frentes. A primeira, nas missões populares nas  várias paróquias. Outra prioridade foram as vocações religiosas e sacerdotais. Graças a Deus, funcionou'', analisa.

O novo bispo de Petrolina, Dom Manuel Reis, é natural de Orobó (PE). Está à frente da Diocese de Patos (PB) desde 2001. Tem como lema episcopal ''Servir na unidade''.

Mais Lidas