Ilegal

Polícia investiga a maior apreensão de munições e explosivos da história de Pernambuco

Do NE10
Do NE10
Publicado em 05/08/2011 às 16:44
NOTÍCIA
Leitura:

A Polícia Civil apresentou  no início desta sexta-feira (5) em coletiva realizada em caruaru, no agreste de Pernambuco, os detalhes do que pode ser considerada "a maior apreensão de munições e explosivos da história do estado", segundo os policiais.

O material apreendido, que totaliza 15 toneladas, se divide em 14.700 kg de chumbo e mais 300 kg de pólvora, munição e espoletas. Além de armas de fabricação artesanal, como as 25 espingardas de fabricação caseira e revólveres industrializados. A apreensão foi feita na Loja dos Arreios, no centro de Caruaru.

Também foram encontrados no local diversos recibos de compra e venda,que totalizavam cerca de 187 mil reais em comercialização do material. Mais cerca de 10 mil munições de diversos calibres. Todos os objetos estavam no subsolo da loja, escondidos em uma espécie de cisterna com fundo falso.

O dono da loja, Alex Jorge de Lima Alves, de 29 anos foi preso e encaminhado à penitenciária Juiz Plácido de Souza. Ele será indiciado por comercialização, armazenamento e fabricação de munições sem autorização. Podendo pegar de 4 a 8 anos de prisão.

Parte do chumbo encontrado também estava na casa de Alex e em uma garagem, próxima da sua resideência.

Alex se negou a prestar qualquer esclarecimento e disse que só vai falar em juízo. Funcionários da loja foram ouvidos e liberados, mas podem ser indiciados no final do inquérito.

Agora a polícia pretende investigar quem comprava o material fabricado no local e quem repassava as armas industrializadas para Alex. As investigações serão feitas através do número de série das armas e munições encontradas.

O caso já vinha sendo investigado desde junho a partir de uma denúncia feita pelo disque denúncia. Quem está à frente do caso é o delegado regional Erick Lessa.

Mais Lidas