fruit fort

MST ocupa fazenda produtora de frutas em Petrolina

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 09/08/2011 às 18:56
NOTÍCIA
Leitura:

A fazenda Fruit Fort, localizada em Petrolina (PE), foi ocupada domingo, 7, por 150 famílias que querem a desapropriação da área para reforma agrária. A informação é do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST). Segundo um dos dirigentes do movimento na área, Florisvaldo Alves, a propriedade, produtora de frutas, está falida e metade dos acampados é de ex-funcionários que foram demitidos sem receber seus direitos trabalhistas.

O acampamento foi feito na entrada da propriedade, que se localiza na BR-235, em frente ao aeroporto Nilo Coelho. A assessoria de comunicação do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) do Médio São Francisco - que engloba 36 municípios de Pernambuco e seis da Bahia - informou que a instituição não recebeu nenhuma denúncia ou solicitação por parte de nenhum movimento social e nem da empresa.

"Só podemos averiguar a partir de uma solicitação formal", disse. "Este assunto deve ser resolvido entre o proprietário e os integrantes do movimento". Segundo ela, esta é a primeira ocupação de terras deste ano na região. Existem, atualmente, de acordo com o Incra, 11,3 mil famílias assentadas e 4,5 mil acampadas distribuídas nos 42 municípios da área.


Agência Estado

Mais Lidas