unidade móvel

Caminhão do Projeto Educação com Energia visita escolas públicas de Caruaru

Do NE10
Do NE10
Publicado em 10/08/2011 às 16:39
NOTÍCIA
Leitura:

O caminhão do Projeto Educação com Energia, da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) está na cidade de Caruaru onde permanece até o dia 30 de setembro. No roteiro, está programada a visita a 35 escolas públicas do município. A meta da concessionária é utilizar a unidade móvel para ensinar a mais de 6,1 mil alunos como usar a energia de forma correta, eficiente e segura nas suas residências.

Além de trabalhar com os estudantes, a equipe pedagógica do projeto ainda fará uma capacitação com 210 professores para que possam dar continuidade aos trabalhos pelos próximos meses. Todas as aulas do Educação com Energia são ministradas dentro de um caminhão adaptado e transformado em sala de aula. Um sistema foi instalado no veículo para que o espaço interno tenha condições de ser duplicado para o lado e todos assistam às palestras de forma participativa.

Dentro do caminhão, uma equipe de profissionais treinados pela própria Celpe apresenta toda a parte teórica com o apoio de vídeos, música, brincadeiras e efeitos visuais. Após a primeira fase, todos são convidados a participarem da parte prática, também dentro da unidade móvel, quando poderão visualizar experimentos que identificam as ações que ajudam a mudar o perfil de consumo de toda a família.

O Projeto Educação com Energia utiliza a metodologia pedagógica do Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica - Procel nas Escolas. Os livros e cartilhas utilizadas durante a abordagem são divididos para cada faixa de ensino e todas são ilustradas pelo cartunista Ziraldo, que utiliza o Menino Maluquinho para explicar os assuntos.

Mesmo com a previsão de passar apenas um dia visitando cada escola, o trabalho do Educação com Energia junto às crianças não termina em um único encontro. Após o momento com os estudantes, é a vez dos professores serem capacitados a continuarem o trabalho. O objetivo é estimular as equipes de ensino a darem prosseguimento às ações em salas de aula, como agentes multiplicadores.

A Celpe desenvolve um trabalho de monitoramento nos quatro meses seguintes dando suporte e acompanhando os resultados do trabalho.

Mais Lidas