patrimônio público

Mulher é presa por destruir esculturas em Tracunhaém

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 24/08/2011 às 7:47
NOTÍCIA
Leitura:

Uma mulher foi presa em flagrante, na madrugada dessa terça-feira (23), no município de Tracunhaém, Zona da Mata Norte, depois de quebrar quatro peças de barro, produzidas por artesãos, que ficam expostas na entrada da cidade. Ela vai ser autuada por danos contra o patrimônio público.

Wedja Kelly Almeida de Andrade, 30 anos, aparentava ter usado algum tipo de entorpecente, segundo a polícia. "Ela já é conhecida na cidade por ser alcoólatra e usuária de drogas. Sempre quando ela bebia, vivia causando desordem na cidade. No momento em que foi presa, suponho que ela estava sob efeito de crack', afirmou o delegado Marcos Roberto da Silva, que fez o flagrante.

O crime aconteceu por volta das 2h. Wedja Kelly mora no Loteamento Nova Tracunhaém, que fica perto do local onde estão as obras de barro. De acordo com a polícia, ela caminhava sozinha, quando se aproximou da entrada da cidade e quebrou duas estátuas e dois vasos, sem nenhum motivo aparente. Três obras ficaram totalmente destruídas, enquanto uma ficou danificada.

Os objetos mediam um metro e meio de altura e foram atirados ao chão. Alguns guardas da Secretaria de Turismo do município passavam pelo local e chamaram a polícia.

Ao ser conduzida para a delegacia, ainda muito exaltada, ela começou a bater e danificar o xadrez da viatura policial, disse o delegado. Ele ainda informou que Wedja é ex-presidiária, mas estava em liberdade há mais de cinco anos.

Ela foi conduzida para a Colônia Penal Feminina, no Engenho do Meio, Zona Oeste do Recife, na manhã de ontem e ficará à disposição da Justiça.

HISTÓRIA - A cidade de Tracunhaém fica a 72 quilômetros do Recife e é famosa pelo tradicional artesanato de esculturas de barro, produzidas por artistas locais. O tipo de arte ainda é considerado uma forte atividade econômica no município, com dezenas de ateliês e oficinas. Os artesãos modelam com argila figuras de santos, animais e objetos decorativos. Muitos dos artistas têm seus trabalhos expostos em museus brasileiros e estrangeiros.

Mais Lidas