DENÚNCIA

Caravana do Cremepe descobre irregularidades na Saúde de Betânia

Luiz Carlos Fernandes
Luiz Carlos Fernandes
Publicado em 26/08/2011 às 16:15
NOTÍCIA
Leitura:

A sétima Caravana Cremepe-Simepe visitou essa semana o município de Betânia, no Sertão de Pernambuco. A equipe ouviu a população nas ruas e vistoriou a Unidade de Saúde Mista Municipal Professor Alcides Ferreira Lima, onde foram detectados vários problemas de ordem operacional. Medicamentos com validade vencidas, enfermarias com janelas sem rede de proteção, sala de esterilização mal estruturada, banheiros precários e sala de Raio X funcionando inadequadamente.

De acordo com a caravaneira e médica, Malu David, o problema de maior gravidade identificado foi à inexistência de equipamentos de reanimação. Na unidade não existe coleta seletiva e nem lavanderias hospitalar. A escala de plantão é preenchida com três médicos, sendo quatro dias da semana (quarta, quinta, sexta e Sábado) cobertas por um único médico, que também, ocupa o cargo de Diretor Técnico do hospital. Perante a lei a prática é ilegal.

A maioria dos munícipes admitiu que a saúde de Betânia precisa de atenção, porque é grande o número de transferências por falta de médicos especialistas. Durante conversa com a Secretária municipal de Saúde, Omenide Maria,  a caravaneira notificou o problema e pediu providências num prazo de oito dias.

Além dos problemas na Saúde, os entrevistadores avaliaram que dois aspectos se destacaram: consumo de drogas e desemprego. Segundo a população, há uma política da polícia de combate às drogas, no entanto, em algumas ocasiões as abordagens chegam a ser agressivas.

Mais Lidas