SAÚDE

Casos de dengue são reduzidos em 47% em Petrolina

Do NE10
Do NE10
Publicado em 05/09/2011 às 12:24
NOTÍCIA
Leitura:

Dados da secretaria de Saúde de Petrolina, no sertão de Pernambuco, apontam para uma redução de 47% nos números de casos notificados de dengue, entre os meses de janeiro a agosto, no comparativo de 2010 e 2011. No período, em 2010, teriam sido notificados 2.093 casos, enquanto que este ano, até agosto, 1.098. 

Segundo o órgão municipal, a redução é reflexo da aplicação de políticas públicas de combate ao mosquito transmissor, bem como do auxílio da população. No município também existe um grupo técnico composto por representantes das secretarias de Saúde, Educação, Ordem Pública e Infraestrutura, que sempre direcionam ações conjuntas para o controle da dengue. 

“Estamos trabalhando de forma integrada, cada um fazendo o seu trabalho e com isso conseguimos reduzir consideravelmente a situação da dengue. Basta olhar os números dos anos anteriores que podemos perceber como demos passos importantes. O trabalho em conjunto mostrou que dá certo e vamos continuar com estas parcerias com a Infraestrutura, Ordem Pública e Educação”, destaca a secretária de Saúde de Petrolina, Lúcia Giesta.

No último Levantamento do Índice Rápido de Infestação do Aedes aegypti (LIRAa), em julho, a cidade apresentou o índice geral de infestação predial na casa dos 0,8%, considerado de baixo risco pelo Ministério da Saúde. Nas ações integradas, a secretaria de Ordem Pública, por exemplo, identifica e fiscaliza terrenos na cidade, para que seus proprietários sejam conscientizados sobre a importância de murar ou cercar o local, no intuito de evitar que pessoas joguem entulhos, pneus velhos ou recipientes que sirvam como criatório do mosquito transmissor da dengue, o Aedes aegypti. 

O município disponibiliza ainda de uma linha direta para que a população possa fazer denúncias sobre possíveis criatórios, bem como tirar dúvidas. O telefone é 87 3864 0645. As pessoas podem também enviar qualquer sugestão para o e-mail denguepetrolina@hotmail.com. 

Mais Lidas