lixo hospitalar

Consumidor comprou bermuda com logomarcas de hospitais brasileiros em Caruaru

Do NE10
Do NE10
Publicado em 19/10/2011 às 14:52
NOTÍCIA
Leitura:

A TV Jornal de Caruaru recebeu a denúncia de um consumidor que disse ter comprado uma bermuda na Feira da Sulanca de Caruaru com marcas de hospitais brasileiros nos bolsos.

As logomarcas são da Casa Provincial de Fortaleza, no Ceará, e do centro cirúrgico do Hospital Santa Tereza, em Petrópolis, no Rio de Janeiro. É a primeira denúncia do tipo envolvendo unidades de saúde do Brasil.

Equipes da Polícia Federal e da Apevisa estão no depósito do Império do Forro de Bolso, em Santa Cruz do Capibaribe, para investigar as denúncias de crime ambiental e contrabando.

O dono da empresa é investigado pelas Polícia Federal e Civil, além da Agência Nacional de Vigilância Sanitária e Receita Federal.

LEIA MAIS

>> Apevisa minimiza riscos de contaminação para consumidor final

O CASO - Na terça-feira (11) foi encontrado o primeiro contêiner, com 23 toneladas de lençóis sujos, seringas, luvas usadas e cateteres.

O segundo, na quinta-feira (13), com o mesmo peso, continha lençóis, fronhas, toalhas de banho, batas, pijamas e roupas de bebê com identificação de vários hospitais norte-americanos.

Os materiais embarcaram no Porto de Charleston, na Carolina do Sul, e foram importados por uma empresa de Santa Cruz do Capibaribe, município do polo têxtil pernambucano, no agreste.

A documentação das cargas dos dois contêineres apreendidos indicava se tratar de "tecido de algodão com defeito".

Mais Lidas