SAÚDE

Petrolina aponta baixo risco para epidemia de dengue

Do NE10
Do NE10
Publicado em 08/11/2011 às 11:44
Leitura:

O município de Petrolina, no Sertão de Pernambuco, aponta um baixo risco para uma epidemia de dengue. Pelo menos essa é a comprovação do sexto Levantamento do Índice Rápido de Infestação do Aedes aegypti (LIRAa) realizado pela secretaria de Saúde do município na última semana.

De acordo com a pesquisa – a última deste ano  - o índice geral de infestação ficou em 0,9%, considerado baixo risco de acordo com os parâmetros do Ministério da Saúde. Em cima dos dados que foram coletados, a prefeitura terá condições de reformular ou intensificar ações de combate ao mosquito transmissor da dengue.

Agentes de combate a endemias intensificarão as visitas domiciliares em busca de criadouros do mosquito, farão tratamento de focos com larvicida e distribuirão material informativo para a população.

"As estratégias já foram traçadas e serão colocadas em prática neste verão para coibir a proliferação do mosquito. Sabemos que as altas temperaturas e a ocorrência de chuvas formam condições favoráveis para o desenvolvimento do Aedes aegypti, por isso mesmo já estudamos com nossa equipe e com os agentes de combate às endemias, medidas que serão redobradas a partir de agora e intensificadas com a chegada do verão para que possamos continuar com baixo risco para ocorrência da doença no nosso município", ressalta a secretária de Saúde de Petrolina, Lúcia Giesta.


Mais Lidas