INFRAESTRUTURA

Petrolina receberá Unidade Produtiva de Biomassa

Do NE10
Do NE10
Publicado em 24/11/2011 às 9:19
NOTÍCIA
Leitura:

A Agrovila Massangano, localidade que fica a cerca de 15 quilômetros do centro de Petrolina, deve receber a Unidade Produtiva de Biomassa, um projeto aprovado junto ao governo Federal e que representa investimentos da ordem de R$ 1,2 milhões.

A partir de produtos como sementes de frutos, folhas provenientes de podas, casca do coco, dentre outros, serão produzidos bríquetes de carbono, uma espécie de lenha vegetal que substitui o carvão e a madeira. De acordo com informações da prefeitura, Petrolina será a primeira cidade do Nordeste a ter esse tipo de produção.

“A busca pelo uso sustentável de recursos ambientais é, hoje, uma realidade em todos os países. Petrolina saiu na frente e deve ganhar esta usina que vai funcionar como fonte geradora de agroenergia, a partir do aproveitamento de restos de podas, utilizando frutas descartadas pelos produtores locais, como a casca do coco, sementes dos frutos, galhos e folhas provenientes das podas frutíferas. Os produtos serão comercializados entre empresários da região e servirão como fonte de renda para os moradores da Agrovila Massangano”, enfatiza a secretária de Planejamento e Urbanismo de Petrolina, Marlize Mainardes.

Para atuar no projeto, dez pessoas da comunidade serão capacitadas. A equipe será formada ainda por um administrador, um técnico agrícola, um técnico em meio ambiente, técnico em mecânica e um agrônomo. A ideia é gerar desenvolvimento com sustentabilidade. “ A Unidade Produtiva de Biomassa apresentará ao mercado um produto competitivo, produzido a partir do que antes era considerado lixo e ainda vai gerar emprego e renda para uma população carente, sem gerar nenhum impacto negativo ao meio ambiente”, explica o prefeito de Petrolina, Júlio Lóssio.

Mais Lidas