SERVIÇO

Projeto garante fonte de renda para pesacadores de Petrolina

Do NE10
Do NE10
Publicado em 09/12/2011 às 12:18
NOTÍCIA
Leitura:

Trinta famílias das comunidades Pedra Grande, Vila Salu e Porto da Ilha, em Petrolina, Sertão de Pernambuco, fazem parte do projeto de piscicultura desenvolvido através de uma parceria entre a Secretaria de Irrigação do município e o Instituto Federal do Sertão (IF Sertão). A proposta é fazer com que estas pessoas produzam peixes em tanques-rede e possam comercializar na região. Durante todo o processo, os participantes do projeto recebem capacitações e orientações.

“Este programa nasceu da necessidade de levar para as pequenas comunidades, para o mais simples projetos, iniciativas que pudessem beneficiar Petrolina. Tendo como base as potencialidades da nossa região, montamos o programa de piscicultura e com as parcerias do IF-Sertão, Banco do Empreendedor, conseguimos concretizar este programa de grande envergadura social”, destaca o prefeito de Petrolina, Júlio Lóssio.

Ao todo são 45 tanques-rede. A expectativa é que os alevinos de tilápia recebem ração durante dois meses e, em cerca de seis meses, possam atingir o tamanho ideal para a comercialização.  Além de gerar trabalho e renda para as famílias, o projeto também pretende contribuir para a revitalização do rio São Francisco.

“O programa possibilita a independência financeira de toda comunidade. Estamos inseridos numa região ribeirinha e uma das atividades que poderia tornar nossa comunidade auto sustentável é a criação de peixes. Estamos dando um importante passo”, avalia o líder comunitário Adenilton Dourado.

Mais Lidas