POLÊMICA

Homem morre após ter atendimento negado em hospital de Ribeirão

Do NE10
Do NE10
Publicado em 16/02/2012 às 9:03
NOTÍCIA
Leitura:

ATUALIZADA ÀS 10H50

Um homem morreu após ter o atendimento negado em um hospital de Ribeirão, na Zona da Mata Sul de Pernambuco. Tudo começou quando o morista de ambulância Marinaldo Ferreira da Silva passava pela PE-85, próximo ao Engenho Macaco, localizado no município de Ribeirão, presenciou um acidente e parou o veículo para prestar socorro à vítima, na tarde dessa quarta-feira (15).

O motorista, segundo informações repassadas pela polícia, teria resgatado o trabalhador rural José Quitério da Silva, 38 anos, e levado ele para o Hospital Municipal Professor Clóvis Azevedo Paiva em Ribeirão, com o auxílio do maqueiro José Soares Filho.

Ao chegar à unidade de Saúde eles foram atendidos por uma mulher, não identificada, que recusou abrir o portão da emergência, alegando que não havia médico ou enfermeiros no hospital. Diante a omissão de socorro, o motorista entrou em contato com o Hospital de Cortês, onde foi orientado a se deslocar até o município para que a vítima recebesse o atendimento.

Em depoimento à polícia, o maqueiro José Soares confirmou que o trabalhador rural ainda estava vivo, mas morreu no momento em que seguia para a cidade de Cortês. Eles prestaram depoimento nas delegacias de Cortês e Ribeirão, onde foi instaurado um inquérito para o início das investigações.

Em nota oficial enviada à imprensa, o Hospital de Ribeirão informou que “não houve omissão de socorro. O que aconteceu é que o médico de plantão encontrava-se em transferência com uma paciente em estado gravíssimo ”.

» Confira, na íntegra, o comunicado do hospital:

Em relação ao paciente que sofreu o acidente na PE-85, esse deveria ter sido levado para o Hospital Dom Helder, tendo em vista a gravidade do acidente. O Hospital Municipal do Ribeirão não dispõe de equipamentos suficientes para atender pacientes em estado gravíssimo, como era o caso.
Ocorre ainda, que o motorista da ambulância do município de Cortês, que fez o socorro do paciente acidentado afirmou que o veículo encontrava-se com pouco combustível, negando-se, dessa forma, a levar o paciente para o Hospital Dom Helder.

Atenciosamente,
A Direção do Hospital Municipal do Ribeirão.

ACIDENTE – O trabalhador rural José Quitério da Silva pilotava uma moto Honda Fan 125, preta, placa KJM-8353, quando bateu de frente num caminhão Ford F-4000, de cor marrom, placa KFU-8502, na PE-85, Próximo ao Engenho Macaco, em Ribeirão.

Mais Lidas