Atendimento

CAPS chega a Gravatá em 90 dias

Do NE10
Do NE10
Publicado em 03/03/2012 às 17:03
NOTÍCIA
Leitura:

Gravatá, no Agreste pernambucano, terá o seu próprio Centro de Atendimento Psicossocial (CAPS), para prestar assistência a pessoas com problemas de saúde mental. O centro foi anunciado nessa sexta-feira (2) pelo secretário de Saúde do município, Jorge Eduardo Neves.

O CAPS de Gravatá será do tipo II, ou seja, atenderá todos os tipos de doenças mentais. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a próxima luta será por uma unidade do tipo AD, para a recuperação de pessoas viciadas em drogas ou álcool.

Mais Lidas