NORMAS

Ministério Público divulga normas para combater poluição sonora em Afogados da Ingazeira

Luiz Carlos Fernandes
Luiz Carlos Fernandes
Publicado em 26/04/2012 às 15:00
NOTÍCIA
Leitura:

Donos de casas de show, bares e carros de som, promotores de eventos e representantes do poder público saíram insatisfeitos de uma reunião com Ministério Público de Afogados da Ingazeira, no Sertão de Pernambuco, na tarde dessa quarta-feira (26), para discutir a poluição sonora durante realização dos eventos na cidade.

O MMPE foi representado pelos Promotores, Ana Clézia e André Silvani, coordenador do CAOP - Meio Ambiente. A reunião contou também com a presença de vereadores, Polícias Militar e Civil e igrejas. A promotora Ana Clézia manteve a postura irredutível quanto ao cumprimento do disciplinamento do volume de som nas casas de shows e eventos públicos do município. Ou os promotores de eventos se adéquam a normas estabelecidas pelo MPPE ou podem ser punidos.

Os participantes esperam agora que as autoridades tenham bom senso na questão de controle do som. O empresário Erikácio Kleiton, conhecido por Erikácio Gravações, recebeu uma notificação preliminar para não realizar eventos no clube Planeta Shows, de sua propriedade, caso não ocorra à adequação do controle de som no local, sob pena de pagar multa e pena de reclusão de um a quatro anos. Além de prejudicar de prejudicar o desenvolvimento sócio-econômico do município.

Mais Lidas