CRIME

Continua foragido funcionário da Compesa que matou cliente em Bodocó

Do NE10
Do NE10
Publicado em 03/05/2012 às 9:18
NOTÍCIA
Leitura:

A Polícia Civil de Bodocó, no Sertão de Pernambuco, continua com as buscas para localizar o funcionário da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) da cidade, suspeito de matar um cliente a tiros nessa quarta-feira (2).

O crime ocorreu por volta das 8h30 da manhã e de acordo com o delegado da 203ª Central de Bodocó Robson Américo, que está a frente do caso, o suspeito José Laércio Menezes Angelim, coordenador do escritório técnico da Companhia – teria entrado numa discussão com o morador do bairro Vila do São Francisco, o agricultor João Batista Cardoso, 45 anos, que foi reclamar que há 15 dias não chegava água na sua residência.  “Na briga, que ocorreu em frente a Compesa, o Laércio teria pego um revólver calibre 38 que estava no seu carro e atirado várias vezes contra a vítima que morreu  a caminho do hospital com um tiro na cabeça, um no pescoço e outro no tórax”, disse o delegado.

O corpo do agricultor foi levado para o IML de Petrolina. Ainda segundo informações da policia, o suspeito - que já tem passagem pela polícia por um homicídio em Granito/PE - fugiu após o crime, usando um carro do próprio órgão.

Em nota, a Compesa informou que José Laércio Menezes Angelim foi exonerado ontem mesmo. Ele era funcionário concursado desde 2007.

Mais Lidas