EVENTO

Projeto leva cultura e arte para bairros de Petrolina

Do NE10
Do NE10
Publicado em 11/06/2012 às 9:31
NOTÍCIA
Leitura:

O bairro Cosme e Damião, em Petrolina, Sertão de Pernambuco, recebeu nesse domingo (10), a visita de voluntários do Projeto Vincular, desenvolvido através de uma parceria entre a comunidade dos Viventes e a Capelania Militar de São José.

Das 9h às 15h, a comunidade local foi convidada a participar de uma programação que inclui atividades culturais e recreativas. A proposta também foi mobilizar um mutirão para a construção de um espaço de lazer dentro da Associação de Moradores do bairro.

“Essa área será importante para que sejam desenvolvidos encontros comunitários e até mesmo possa funcionar como uma área de atividades para utilização dos idosos atendidos no Centro de Convivência. Qualquer ajuda é bem vinda: desde aquela pessoa que vai colocar a mão na massa e fazer a obra, como aqueles que possam doar material. O que importa mesmo dentro desse projeto é o exercício do voluntariado, do querer doar-se para o outro”, enfatiza o estudante de Medicina e um dos voluntários do Projeto, Wagner Reis.

Esta é a segunda vez que o bairro Cosme e Damião recebe a visita dos voluntários. A primeira oportunidade foi no último mês de abril, quando uma média de 100 pessoas estiveram reunidas. A ideia do grupo de voluntários é ampliar cada vez mais o numero de participantes e estimular a vivência do serviço voluntário.
“Aqui em Petrolina começamos nossas atividades no bairro Cosme e Damião, mas sabemos que a cidade tem uma área física extensa, com tantas outras comunidades que precisam de ações voluntárias. Aos poucos pretendemos arregimentar mais pessoas, gente de bom coração, que queira ajudar o próximo, para que a gente possa chegar a outros locais”, destaca Reis.

PROJETO - O Vincular é um projeto que inclui os trabalhos de voluntários. A iniciativa contempla o beneficiamento de comunidades através de atividades de cultura, lazer, saúde e educação, sobretudo. Em Petrolina, participam da iniciativa estudantes universitários, além de profissionais de diversas áreas. A comunidade assistida também é convidada a desenvolver os trabalhos. O projeto reflete uma iniciativa da Comunidade dos Viventes, que consiste em uma associação de leigos católicos, espalhados pelo Brasil.

Mais Lidas