Eleições 2012: o picadeiro está montado

Por Diego Martinelly Por Diego Martinelly
Por Diego Martinelly
Por Diego Martinelly
Publicado em 05/07/2012 às 7:57
NOTÍCIA
Leitura:

Apesar de estarmos passando por um período de alerta na economia, já que os países considerados de primeiro mundo passam por graves problemas econômicos e sociais, ano eleitoral é sempre ano de estourar orçamento, de divulgar dados elevados na taxa de empregos é a corrida para camuflar a miséria mesmo. Como diz o cantor Roberto Carlos “daqui pra frente tudo vai ser diferente...”.

Já começamos a ver os buracos das nossas rodovias sendo tapados, já começamos a ver grandes políticos em feiras livres, botecos de esquina, festas de associações de bairros, entre outras situações.

Os fantoches por enquanto estão parados, mas, com certeza, com qualquer dinheirinho voltarão a ser manobrados

Ah... como eu queria que todos os anos fossem de eleições! Neste país, nada mais me surpreende. Quando era criança, escutei muita gente na hora de escolher o seu candidato e político para votar dizendo: “Meu candidato é fulano porque ele, além de ser uma pessoa séria e de boas propostas, está num partido que defende uma ideologia política centrada na ética e na verdade”.

Passados os anos, observo que as coisas mudaram muito, agora políticos vibram com o fim da união dos mesmos pensamentos. São políticos de esquerda apoiando os de direitas e vice e versa. O picadeiro está montado, alguns palhaços já estão contando mentiras e querendo iludir a plateia desatenta.

Os fantoches por enquanto estão parados, mas, com certeza, com qualquer dinheirinho voltarão a ser manobrados. A plateia (essa, infelizmente!) anda sorrindo à toa. Claro, tudo está bonito, tudo é festa, não tem problema, a fome está passando, o desemprego está acabando, os dados e as estatísticas estão do nosso lado.

Meu Deus, só te peço que abra os olhos dessa plateia, para que as palmas e os sorrisos não virem lágrimas tão cedo!

Mais Lidas